Prémios S.O.S Azulejo: conheça os vencedores

138

premio_sos_azulejo

Os Prémios SOS Azulejo 2022-23 foram entregues no Palácio Fronteira, em Lisboa.

O Grande Prémio  foi atribuído ao trabalho global ‘Monforte Sacro’, levado a cabo pela Câmara de Monforte e pela Santa Casa de Monforte.

A Menção Honrosa foi atribuída ao artigo publicado em revista científica “GIS based inventory for safeguarding and promoting Portuguese glazed tiles cultural heritage’, da autoria de Bertha Maria Batista dos Santos, Jorge Humberto Gaspar Gonçalves, Pedro Gabriel de Faria Lapa Barbosa de Almeida e Ana Maria Tavares Ferreira Martins Nepomuceno.

O Prémio Extraconcurso foi atribuído a Artur Goulart de Melo Borges, pelo mérito e relevância do seu trabalho continuado na valorização e divulgação do património cultural português, incluindo o património azulejar.

Nesta cerimónia foram, ainda, divulgadas as mais recentes etapas do Projeto SOS Azulejo, criado e coordenado pelo Museu da Polícia Judiciária, em prol da causa azulejar, com incidência em contributos para o esforço de inventariação azulejar municipal, a nível nacional.

O Projeto SOS Azulejo tem como parceiros a Associação Nacional de Municípios Portugueses, a Rede de Investigação em Azulejo da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, a Universidade de Aveiro, o Instituto Politécnico de Tomar, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública.

Siga-nos