Casa Armanda Passos

2356

dim_armanda_passos

No Dia Internacional do Museus, 18 de maio, a título excecional para celebrar os 80 anos do nascimento de Armanda Passos, a ‘Casa Armanda Passos’ (Porto) abre com uma exposição inédita de óleos e carvões dos anos 80, provenientes de coleções públicas e privadas.
A exposição “80 anos ARMANDA PASSOS anos 80” conta com os emblemáticos carvões da Coleção RTP, da Coleção de Arte Contemporânea da Fundação Altice, da ‘Casa Armanda Passos’, bem como os óleos de grande presença da Coleção Maria Barroso-Mário Soares, de Mário Cláudio, de Miguel Cadilhe, da Fundação Millennium BCP, entre outros.
Nunca em vida a pintora utilizou a Casa projetada por Álvaro Siza para abrir ao público com obras da sua autoria. Com uma personalidade independente e reservada, alheada de tendências, Armanda Passos criou desde os anos 70, numa época em que a pintura era quase exclusivamente masculina em Portugal, uma figuração inconfundível, deixando um legado absolutamente original.
Trazer estas obras de volta ao espaço privado da artista, disponibilizando-as ao público, é uma oportunidade única para fruir a sua energia no Porto.
Siga-nos