Museu Abade Pedrosa

17

dim_santo_tirso

18 maio |18h00 – 19h00
Concerto “Mova Dreva”

Quarteto de Ethno Jazz, que tem como ponto de partida a cultura folk Bielorrusa, procurando criar contos musicais baseados em canções quase desaparecidas: canções festivais, de chamamento da primavera e ciclos da natureza, cânticos de saudade e tristeza, de brincadeiras e casamentos. A ideia do projeto nasceu pela mão da pianista e cantautora Katerina L’dokova que investiga e recolhe música e costumes tradicionais do seu país natal. A partir deste conhecimento nasce uma identidade musical que junta à música tradicional influências do jazz, da música clássica e de estilos contemporâneos.

Contactos para informações: museus@cm-stirso.pt ou 252 830 410

 

19 maio |15h00 – 16h00
Oficina de Tatakizome

Criação de obras de arte através da impressão de flores em tecido.

Contactos para Inscrição: museus@cm-stirso.pt ou 252 830 410

 

24 maio |18h00 – 19h30
Apresentação do catálogo “Portelos, cancelas e biqueiros” de Samuel Silva e Performance “Live act” por Fernando José Pereira

Apresentação do catálogo da exposição “Portelos, cancelas e biqueiros” com Samuel Silva, José Peneda, Liliana Coutinho e Álvaro Moreira, seguida de “Live Act” por Fernando José Pereira, no Centro de Arte Alberto Carneiro.

Contactos para informações: museus@cm-stirso.pt ou 252 830 410

 

25 maio | 15h00
Exposição “Deslocações #07 – Tão frágil como o mundo”

No poema de Sophia de Mello Breyner onde lemos “Para ti eu criarei um dia puro | Livre como o vento e repetido | Como o florir das ondas ordenadas” encontramos o título desta exposição. Um poema que nos diz sobre a imperfeição e fragilidade do lugar onde amamos; sobre o medo de amar quando tudo quebra e emudece. Uma exposição resultante da Residência Artística dos alunos do Atelier II – Escultura da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto nos museus de Santo Tirso. Local: Fábrica de Santo Thyrso.

Contactos para informações: museus@cm-stirso.pt ou 252 830 410

Siga-nos