Museu da Água

102

dim_museu_Agua dim_museu_agua_2

18 DE MAIO – 11H00
O Aqueduto de Lisboa
Esta é a possibilidade de percorrer a maior extensão subterrânea visitável em Lisboa e é uma oportunidade para mergulhar numa obra prima da engenharia hidráulica, do século XVIII. Com início na travessia do Vale de Alcântara, passagem pela Mãe d’Água das Amoreiras, pelo Reservatório da Patriarcal e pela Galeria do Loreto, o trajeto, com mais de 3 Km, permitirá descobrir as origens das Águas Livres e descodificar o processo de construção de um aqueduto que se tornou um dos mais notáveis exemplos da arquitetura hidráulica”.

Ponto de encontro: Aqueduto das Águas Livres – Calçada da Quintinha, 6
Ponto de saída: Miradouro de S. Pedro de Alcântara
Duração: 2 horas
NOTA: Todas as atividades são gratuitas, mas requerem marcação obrigatória para: 218100215 ou mda.epal@adp.pt.

NOITE EUROPEIA DOS MUSEUS
18 DE MAIO
CLANDESTINOS – visita imersiva
A visita imersiva CLANDESTINOS passa-se nos dias que antecederam à Revolução de Abril.
Durante o percurso, alguns personagens vão conduzir, clandestinamente, os visitantes mais audazes através de uma galeria subterrânea (só utilizada pela polícia política), mostrando como era a cidade de Lisboa a poucos dias da Revolução dos Cravos.

Ponto de encontro: Reservatório da Patriarcal – Jardim do Príncipe Real, Lisboa (debaixo do Lago)

Ponto de saída: Miradouro de S. Pedro de Alcântara, Lisboa
Duração: 30 minutos
Marcação obrigatória:
+351218100215 ou mda.epal@adp.pt

Siga-nos