Museu do Papel Terras de Santa Maria

11

dim_2024_oficial

Na linha do tema escolhido para celebrar o Dia Internacional dos Museus – “Museus, Educação e Investigação” – o Museu do Papel acolhe a exposição “Marcas de água e caligrafias em papel de música: os manuscritos do Fundo do Conde de Redondo”, desenvolvida no âmbito do projeto “MARCMUS – Estudos de papel de música e caligrafia em Portugal (séculos XVIII e XIX): o estudo de caso do Fundo do Conde de Redondo”, que tornou possível registar digitalmente e preservar sistematicamente as marcas de água e os tipos de papel dos manuscritos musicais. Esta exposição inaugura às 17h30 de sábado, 18 de maio, com a presença do comissário António Jorge Marques.

À noite, a partir das 21h00, o Museu do Papel abre as suas portas para visitas noturnas aos diferentes espaços museológicos, sempre à luz de lanternas, conduzindo o público para a Casa do Espande, emblemática sala de secagem do papel, que será palco de um concerto de música barroca pelo grupo Iberian Ensemble, com direção musical de Alexandre Andrade. Será uma entusiasmante viagem pela história da música, onde músicos e músicas, entre Portugal e Espanha, repartiam os mesmos lugares de criação e fruição intercultural, desde a Idade Média até ao século XIX.

Depois do concerto noturno, o público é convidado a conhecer a exposição “Marcas de água e caligrafias em papel de música: os manuscritos do Fundo do Conde de Redondo”, numa visita guiada pelo comissário da mostra António Jorge Marques.

A participação nas atividades propostas pelo Museu do Papel Terras de Santa Maria é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia até ao dia 16 de maio, através do email aqui.

Siga-nos