Obra de Vieira da Silva exposta em Itália e Espanha

39

Vieira da Silva

A obra pintora Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992) vai ser exposta nos museus Guggenheim em Veneza, em Itália, e em Bilbau, em Espanha, em 2025, revelou ontem à Lusa o presidente da Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva.

Estas exposições fazem parte de um programa de internacionalização que está em curso para os próximos três anos, e que envolve várias parcerias com instituições culturais e especialistas na obra da pintora, de Portugal, Brasil, França, Estados Unidos e Marrocos, entre outros.

“São exposições em preparação para os próximos anos, que representarão um grande esforço de internacionalização da obra da artista e da cultura portuguesa”, sublinhou o presidente da Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva (FASVS), António Gomes de Pinho.

“Estamos também a preparar uma presença de Vieira da Silva nas comemorações dos 100 anos da Galeria Jean Boucher, em Paris, galeria da artista durante mais de 50 anos, a colaborar com a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento num projeto em Nova Iorque, e, com uma especialista brasileira da obra da pintora, estamos a preparar um projeto no Brasil”, para uma exposição num museu ainda a definir.

Em Lisboa, continua patente, até 26 de julho, no parlamento, em Lisboa, a exposição “A Nós a Liberdade”, inspirada na designação de uma série de pinturas de 1934, “À Nous la Liberté”, com 31 obras da artista, algumas nunca ou raramente vistas em Portugal, realizada para assinalar o 50.º aniversário do 25 de Abril de 1974.

Siga-nos