Museu de Évora acolhe exposição coletiva sobre o equilíbrio ecológico do planeta

57

exp_devir_paisagem

Uma exposição coletiva com obras de 12 artistas latino-americanos e portugueses que defendem o equilíbrio ecológico do planeta vai ser inaugurada, no sábado, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora, foi hoje divulgado.

Intitulada “Devir Paisagem”, a mostra, indicou o museu alentejano, é organizada pelo espaço, pela empresa pública Museus e Monumentos de Portugal (MMP) e pela plataforma brasileira Labverde, ficando patente ao público até 25 de setembro.

Cristina Ataíde, Liana Nigri, Luzia Simons, Marcelo Moscheta, Marlon Wirawasu, Moara Tupinambá, Patrícia Bárbara (Boneca Conceptual), Pedro Vaz, Renata Cruz, Renata Padovan, Tatiana Arocha e Vera Mantero são os artistas participantes.

Segundo os promotores, a exposição, com curadoria de Lilian Fraiji, vai contemplar trabalhos de “diversas técnicas e expressões” criados por “artistas que resistem ao Antropoceno e defendem novas políticas de existência”.

“Devir Paisagem apresenta um conjunto de práticas artísticas onde se exprime a noção expandida de natureza e do pensamento ambiental, explorando a construção de novas realidades sensíveis em diálogo, com as teorias pós-coloniais, feministas e biocentradas”, realçaram.

Siga-nos