“Uma Poética Persistente” em exposição no Francisco Tavares Proença Júnior

12

exposicao_museu_neorealismo

O Museu Francisco Tavares Proença Júnior inaugura, no dia 7 de junho, pelas 18H00, a exposição “Uma Poética Persistente” da Coleção do Museu de Neo-Realismo. A mostra inclui fotografias, pinturas, gravuras e desenhos, e estará patente até ao dia 21 de outubro.

A exposição resulta de “uma parceria entre o Museu Francisco Tavares Proença Júnior e o Museu do Neo – Realismo”. Estão expostos obras de 37 artistas como Alice Jorge, José Dias Coelho, Júlio Pomar, Júlio Resende, Lima de Freitas, Maria Barreira, Maria Keil, Querubim Lapa, Rogério Ribeiro, Sá Nogueira, entre outros”.

Com a curadoria de David Santos, “a exposição pretende de forma deliberada pôr em confronto promessas de emancipação e poéticas resistentes, uma fatura de modernidade estética, particulariza os resultados do neorrealismo português, mesmo quando retrata a “figuração do povo” e as suas condições sociais mais desfavoráveis”, explica a autarquia em nota enviada à nossa redação.

Siga-nos