Museu Metropolitano de Nova Iorque devolve à Nigéria três obras saqueadas no séc. XIX

48

met_ny

O Museu Metropolitano de Nova Iorque devolveu na segunda-feira três obras saqueadas da Nigéria no final do século XIX e estabeleceu um protocolo com o país africano para descobrir a origem de outras peças da sua coleção.

“O Met [Metropolitan Museum of Art] continua comprometido com um processo responsável de colaboração e autenticação na compra de obras de arte, aplicando padrões rigorosos para verificar a história tanto de novas aquisições como de peças que já fazem parte da sua coleção”, referiu o diretor do espaço norte-americano, Max Hollein.

Duas das obras são placas de bronze do século XVI, que fazem parte de um conjunto de objetos conhecido como “os bronzes de Benin”, que até agora pertenciam ao acervo do Met.

Após uma investigação promovida pelo museu de Nova Iorque e o Museu Britânico, concluiu-se que estes artefactos foram saqueados pelas forças britânicas num ataque em 1897 à cidade de Benin, onde se localiza atualmente a Nigéria.

Juntamente com estas peças, uma cabeça de bronze da cidade de Ife (Nigéria), que se estima ser do século XIV, e que foi oferecida ao Met, também foi devolvida, após o museu, ao invés de comprar a obra de arte, ter optado por promover a sua repatriação.

“Se outros museus pudessem fazer o que o Met fez, poderíamos restaurar a confiança do público e dos visitantes”, referiu o diretor da Comissão Nacional Nigeriana para Museus e Monumentos (NCMM, na sigla em inglês), Abba Isa Tijani, citado pela agência EFE.

(…)

Fonte: Observador